sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Outro colorido nos campos




Já tínhamos observado muitas tonalidades nos campos de Covas do Monte. Muitos tons de castanhos, verdes e amarelos e até um pouquinho de branco pela manhã.
Assim ainda não!


quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

The destruction of sustainable family farming is one of the main causes of climate change

"The destruction of sustainable family farming is one of the main causes of climate change


Massive rural exodus is one consequence of these policies. In Europe and in the United States, where almost all common goods have been privatized and where small farmers face harsh competition from highly subsidized industrial agriculture, less than 5% of the population is still engaged in farming. Everywhere in the world, small farmers and peasants are trapped between dependency on expensive seeds, inputs, and pesticides that they must buy from industry and the low prices they receive for their products. Peasants are being forced to leave the countryside and join the misery of urban shantytowns. Of the six billion inhabitants on Earth, three are now urban, including one billion that live in slums. Experts predict that soon the majority of urban people will live in shantytowns.


This rural exodus is one of the biggest threats to climate stability. Indeed, while small-scale family farming cools down the Earth, the industrial model of production and consumption that replaces it multiplies carbon emissions. Over the last 150 years, the industrialization of agriculture has meant replacing people's energy - men and women's work as farmers and peasants – by the energy of fossil fuel: tractors, fertilizers, the specialization of production and development of monocultures which requires long-distance transports of food and animal feed. This has meant replacing a model of production which was keeping great quantities of carbon in the soil by taking care of humus, by a system which uses four times more calories in fossil fuel than it is able to produce as food."


Via Campesina position on UNFCCC (United Nation Framework Convention on Climate Change)


The UNFCCC is profitable for business.

Will it help stop climate change?


-----------------------------------------------------------------------
La Via Campesina - International Secretariat:
Jln. Mampang Prapatan XIV No. 5 Jakarta Selatan, Jakarta 12790 Indonesia
Phone : +62-21-7991890, Fax : +62-21-7993426
E-mail: viacampesina@viacampesina.org, Website: http://www.viacampesina.org
+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
Subscribe to Via Campesina News Updates! (Go to www.viacampesina.org and subscribe on line)
¡Suscribe a la lista de información de La Vía Campesina! (Suscribe en línea en http://viacampesina.org/main_sp/)
Inscrivez-vous à la liste d’information de Via Campesina! (Inscrivez-vous en ligne sur http://viacampesina.org/main_fr/)

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Desfolhada

Aí está.! Mais uma actividade realizada em Covas do Monte.
Desta vez fomos ajudar a desfolhar o milho. Estiveram presentes pessoas oriundas de vários pontos do país.
Muitos nunca se tinham visto em tais andanças, mas no final a satisfação era grande. Tinham experimentado e vivenciado coisas novas.
Muitos nunca sequer tinham contactado com o milho "mas é disto que se faz a broa?!" Perguntavam numa mistura de admiração e incrédulos.
Ver opiniões em:
www.campingcarportugal.com/forum/viewtopic.php?t=2232
e mais fotos em:
http://picasaweb.google.pt/vtor.andrade/Desfolada#

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Covas do Monte pela TSF

http://www.tsf.pt/paginainicial/AudioeVideo.aspx?content_id=1029462


A aldeia das 2500 cabras
15 OUT 08 às 17:14
Covas do Monte é uma pequena aldeia escondida num dos vales da Serra de São Macário, em São Pedro do Sul. É aqui que se encontra um dos maiores, senão mesmo o maior rebanho do país.
Todos os dias, 2500 cabras saem de manhã para a montanha, num ritual ancestral de pastoreio comunitário que envolve toda a pequena povoação de apenas 56 habitantes. Ao fim da tarde, no regresso à aldeia, os animais parecem saber de cor o curral e a porta certa. Covas do Monte é uma aldeia de rosto antigo, onde se encontra ainda um Portugal raro e já muito distante.

Praca da Alegria em Covas do Monte



Praça da Alegria
Aldeia de Covas do Monte, São Pedro do Sul

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Desfolhada

Dia 17 – Chegada, estacionamento e montar a tenda. Isto poderá realizar-se ao longo do dia.

Dia 18 – Pelas 9 horas assistir à partida das 2500 cabras para o monte. O rebanho é pastoreado colectivamente pelos habitantes. Vamos poder acompanhar durante um pequeno percurso e experimentar a dificuldade da subida. (aconselha-se levar máquina fotográfica, pois são imagens espectaculares). Segue-se uma visita guiada a aldeia onde poderemos contactar com a forma de vida dos seus habitantes e com actividades desenvolvidas no âmbito do projecto Criar Raízes http://www.criaraizes-spedrosul.com . Estas actividades tiveram sempre a colaboração e participação de muitas pessoas que para isso se têm encontrado regularmente em Covas do Monte.
Pelas 13 horas iremos almoçar no restaurante da Associação “Amigos de Covas do Monte”
O resto do dia fica para a desfolhada. Esta será realizada em casa de agricultores e inclui uma merenda de trabalhador e animação. Está previsto que se prolongue até haver “gente”.
Para este dia este dia acertei que cada participante contribuía com 10€

Dia 19 – É livre. Poderemos utilizar a carrinha da Associação para fazer um percurso por algumas aldeias em redor.

Para se chegar a Covas do Monte não é difícil. A partir de S. Pedro do Sul segue-se a direcção de S. Macário (ter em atenção as indicações em todos os cruzamentos) ao chegar ao cimo deixar a indicação de S. Macário e seguir em frente 20, 30 metros e virar à esquerda (para a direita vamos para a Pena). No primeiro cruzamento à direita (está indicado Portal do Inferno e Covas do Monte) seguir sempre a indicação de Covas do Monte.
Para qualquer emergência o melhor é contactar o número do restaurante 232 357 592 pois a rede de telemóvel no local não é fiável, durante o dia para 232 728 330 telefone do Criar Raízes

Ficamos à vossa espera!

terça-feira, 7 de outubro de 2008

A história do "estória"









Como o promotido o "Estória, História" não foi só ouvir e escutar contos. Foi muito mais que isso, foi um fim-de-semana de encontros entre os de lá e os que chegam e partem, mas enquanto permanecem colaboram na construção de sentidos aos permanentes.

Na hora da despedida ficam as recordações e a promessa de um novo reencontro.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

ESTÓRIA, HISTÓRIA 2008

ESTÓRIA, HISTÓRIA 2008

Encontro de Contadores, Lareiras e Saborescontos, percursos pedestres, petiscos, vidas partilhadas...uma forma diferente de descobrir a serraMaciço da Gralheira Aldeias de Covas do Monte e Candal (São Pedro do Sul – Viseu)

3, 4 e 5 de Outubro de 2008

Quem faz o conto é o ouvido
Italo Calvino

Resultando de uma vontade encontrada para que a arte de contar estórias fosse promovida e partilhada na região, resolvemos, a partir desta ideia, (re)descobrir a serra. Entre a Tradição Oral e o Património Local.Num ambiente acolhedor e de partilha, integrado num projecto de promoção de inclusão e desenvolvimento, trazemos o conto de novo para a lareira, para o sítio onde nasceu, nas longas noites de frio e chuva, à volta do lume, em casa das pessoas. A ideia é que os participantes descubram as aldeias e suas gentes, ao circular de casa em casa para ouvir um contador diferente.2 aldeias . 3 casas por aldeia . 1 contador por casa . 8 participantes por casaA acompanhar tudo isto, teremos petiscos regionais, uma outra forma de descobrir a região.Depois do balanço positivo da edição de estreia, voltamos a Candal e a Covas do Monte para nos deixarmos encantar pelos segredos e encantos do Maciço da Gralheira.Desta vez teremos dois novos convidados muito especiais, o António Fontinha e a Cristina Taquelim, que desde há muitos anos vão levando muitas e boas histórias a muitos recantos do mundo...Para dar início ao Estória, História... escolhemos este ano o Retiro da Fraguinha, um projecto que é simultaneamente um espaço de acampamento mas também um espaço de intervenção cultural e ambiental, permitindo um olhar renovado sobre o território. E acampar em Covas do Monte é precisamente outra das novidades deste ano, o que permitirá que os participantes possam prolongar a sua relação com a serra e os seus habitantes, e por isso mesmo potenciar a experiência no seu todo, esperamos nós.

Bem-vindos.

(mais informações em anexo)

-- Projecto "Criar Raízes"

Largo da Cerca, 1.º Bloco, Fracção G, 1.ºEsq.3660-503 S. Pedro do Sul Tel e Fax: 232 728 330

terça-feira, 16 de setembro de 2008

"Névoa no Vale" na RTP

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=363371&tema=32

Vídeo Artes & Espectáculos
2008-09-16 14:38:31
Realizador de "Névoa no Vale" premiado
Durante cinco meses uma realizador filmou os habitantes de Covas do Monte. Uma aldeia no concelho de São Pedro do Sul. O Documentário "Névoa no Vale" retrata a vida dos habitantes que vivem quase todos da pastorícia.

domingo, 14 de setembro de 2008

A vida continua!...

Após alguns anos de interregno esta é a segunda vez que se realiza a festa de Covas do Monte. Foi a dedicação de um grupo de jovens que nos tempos livres têm percorrido as aldeias da serra solicitando a contribuição que tornou possível mais esta edição da tradicional festa.`
É graças ao seu esforço que mais uma vez muitos amigos se voltam a encontrar.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Mas que é isto?!!!

Boa Noite

Isto aconteceu mesmo.

No dia 05/09/08, pelas 21h, após o encerramento das linhas telefónicas destinadas à votação nos projectos do distrito de Viseu do Programa a "Nossa Terra Quer" foi colocado no site
http://sic.aeiou.pt/online/sites+sic/sicporportugal/novidades/ntqviseu.htm
a informação de que o projecto da Associação Amigos de Covas do Monte, "Covas do Monte - Aldeia Viva" tinha ganho. Informação que logo que nos foi possível disponibilizámos aqui no blogue

Durante todo o fim de semana essa informação manteve-se.

No dia 08/09/08 pelas 11h é dada, na SIC, a informação de que quem ganhou foi a Associação Cultural e Recreativa de Cambra e de seguida alterada a informação na página Web.

Tudo isto foi feito sem a menor responsabilidade e de respeito por todos os participantes, os que estiveram envolvidos nas candidaturas assim como os que realizaram telefonemas.

Na altura da publicação dos resultados estava com uma pessoa amiga e foi do seu computador que observámos os resultados, que copiou e colocou na sua página pessoal
http://zetovar1.blogspot.com/
assim como um link para a pág. da Sic agora já alterada.

Assim NÃO. Estou indignado e revoltado com tudo isto.

Mas será que não há mesmo responsáveis?!

Ao sistema de aquecimento de água juntámos a produção de energia eléctrica





























Agora as casas de banho do "Campo das Oliveiras" já possuem energia eléctrica para iluminação.
Isto só foi possível com o apoio de empresas que cederam o material e a mão de obra necessária à sua montagem.

domingo, 7 de setembro de 2008

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Realização da Rota do Pobreiro_6_Setembro

6 de SETEMBRO . 2008

Covas do Monte (São Pedro do Sul)

Realização da Rota do Pobreiro

***


Saíremos de manhã cedo com os pobreiros (nome dado aos pastores na aldeia) encosta acima, acompanhando “o gado” rumo ao Caminho do Carreiró. São dois pobreiros, à vez, todos os dias, de diferentes parceiradas que guiam o rebanho pela serra.

O almoço/merenda será na serra, com os pastores. Regressaremos no fim de almoço, onde se fará uma visita à aldeia e aos projectos que estão a ser feitos, nomeadamente o espaço internet e a recuperação do lagar comunitário de azeite.

O jantar será no restaurante "Os Amigos de Covas do Monte" (antiga escola primária pertença da associação).


Ps- A aldeia de Covas do Monte concorreu ao programa da SIC "A minha terra quer", vai passar hoje à noite uma pequena reportagem sobre Covas do Monte. A votação vai decorrer no dia 3,4 e 5 de Setembro. VOTEM!


--
Projecto "Criar Raízes"
Largo da Cerca, 1.º Bloco, Fracção G, 1.ºEsq.
3660-503 S. Pedro do Sul
Tel e Fax: 232 728 330, 961 548 791

domingo, 24 de agosto de 2008

SIC esteve em Covas do Monte



Em Agosto, a estação de televisão SIC esteve em Covas do Monte
a fazer as filmagens para o programa "A Nossa Terra Quer".
O programa vai para o ar dia 26 no Programa de Fátima Lopes e depois todos os dias dessa semana à noite.
A votação é nos dias 3, 4 e 5 de Setembro para os números atribuídos na semana anterior.

http://sic.aeiou.pt/online/sites%20sic/sicporportugal/anossaterraquer


quinta-feira, 24 de julho de 2008

terça-feira, 8 de julho de 2008

19_JULHO_Colher as batatas em Covas do Monte_SPedro_do_Sul

Boa tarde!

No passado mês de Março, plantámos um campo de batatas com agricultores de Covas do Monte.
Passados 4 meses de crescimento, de vários cuidados, algumas chuvadas e dias soalheiros,
é provável que dia 19 nos espere uma boa colheita!

Nos campos de milho vai sendo o tempo de começar
a colocar os espantalhos e as tramelas (os ruidosos moinhos de vento).
Vamos fazer alguns, reutilizando materiais.

Pela manhã, não perca a oportunidade de testemunhar a impressionante saída dos pastores
para o monte com o rebanho de mais de 2000 cabras.

Viajando no tempo, vamos até ao moinho tradicional, junto ao ribeiro, e passamos
pelo antigo lagar de azeite comunitário (em fase de recuperação)
e ainda veremos como se faz a grande broa de milho de Covas do Monte.
Este evento decorre no contexto da realização de um projecto integrado em estágio curricular
da licenciatura de Animação Socioeducativa da Escola Superior de Educação de Coimbra,
a ser levado a cabo no Instituto das Comunidades Educativas,
em parceria com o AgriCabaz de Coimbra e a CoopRaízes de S. Pedro do Sul.

Programa:

Da parte da manhã

Das 8h00 às 8h30: encontro em São Pedro do Sul, no Largo da Cerca, junto à Sede do "Criar Raízes" (atrás da Câmara Municipal).
Saída às 8h30, para Covas do Monte (os participantes terão que levar transporte próprio).

Em Covas do Monte:
- Ver a saída dos pastores para o monte com os rebanhos (opcional)
- Colheita de batatas
- Passeio pela aldeia, visita ao moinho e ao lagar
Almoço no Restaurante da Associação "Os Amigos de Covas do Monte"

Da parte da tarde
- Oficina de Construção de Espantalhos e Tramelas
- Fazer a broa de milho pelo processo tradicional
- Lanche
- Ver o regresso dos pastores do monte com os rebanhos


Informações actualizadas sobre a programação estarão disponíveis na internet em http://agricultura-covas-do-monte.blogspot.com/

Contactos para inscrições: telef. 232 728 330 / e-mail terrasdespedrosul@portugalmail.pt

Número limite de participantes: 20.

Inscrições até dia 16 de Julho.

Preço do Almoço + Lanche: com prato do dia, 7 Euros
com cabrito assado, 12 Euros.
Crianças com 6 a 12 anos pagam 50%. Crianças mais novas: grátis.

Votos de Boas Colheitas!

João Gonçalves

Organização
Projecto "Criar Raízes" http://www.criaraizes-spedrosul.com

Parceiros
Instituto das Comunidades Educativas http://www.iceweb.org/home.html
Escola Superior de Educação de Coimbra http://woc.esec.pt/
Agricabaz http://agricabaz.googlepages.com/agricabaz
Cooperativa CoopRaízes http://www.criaraizes-spedrosul.com/site/untitled/terra.htm
Imagens da agricultura familiar tradicional em Covas do Monte http://agricultura-covas-do-monte.blogspot.com/

clique aqui para baixar o

sábado, 28 de junho de 2008

procurar 19x7 batatas, dia 19 de Julho (Sábado)

No âmbito do Projecto Criar Raízes,
temos em agenda voltar, dia 19 de Julho, a Covas do Monte,
para ajudar na colheita das batatas.

O programa completo de actividades para esse dia
será publicado brevemente! ...

recordar a sementeira de batatas!

quinta-feira, 19 de junho de 2008

o muro

fotos dos trabalhos de reconstrução do muro que protege
os campos de Covas do Monte, ao longo do caminho de acesso





Nas fotos: os Srs. João, Alfredo, Filipe e Vítor.

terça-feira, 17 de junho de 2008

quarta-feira, 11 de junho de 2008

eCoBanho Campo das Oliveiras

os aprendentes dedicados das novas tecnologias adequadas,
mostram trabalho no Campo das Oliveiras, em Covas do Monte




aqui estamos a construir o depósito de água artesanal:
fazer uma caixa (pode ser uma "arca do milho" velha!)
com madeira e forrar toda a superfície
interior com esferovite ou outro material que diminua a perda de calor,

depois colocar um "saco plástico" lá dentro,
neste caso tela impermeável a revestir todo o interior,
( - chatear-se o necessário até não pingar mais...)


os interiores (hi-tech)


numa fase mais avançada,
já estão colocados os painéis sobre o telheiro
e feitas as ligações das tubagens entre os painéis
e com o depósito:

do lado esquerdo superior entra
a água aquecida,

do lado direito inferior do depósito sai a água fria
para o painel mais à direita.

(ver abaixo fotos do fazer dos painéis)




e pudemos verificar que está a funcionar,




- este Verão vamos poupar na conta do gás!
Fixe.


fotos:
Gonçalves,
Vítor Andrade e
Maria José Tovar - http://zetovar1.blogspot.com

segunda-feira, 2 de junho de 2008

big (strong) weekend na Gralheira Maciço

Ora aí está! Programa para um grande fim-de-semana no maciço da Gralheira.

Dia 7

“Rota do Pobreiro” – percurso pedestre acompanhando um dia o pastor no pastoreio colectivo das cerca 2500 cabras da aldeia de Covas do Monte.

Para os menos preparados fisicamente temos actividades também em Covas:

1-continuação da recuperação do lagar, onde se pode observar e ajudar o carpinteiro na reconstrução das engrenagens tradicionais.

2-participar na produção e montagem dos painéis solares de baixo custo para a produção de água quente dos balneários da zona de acampamento.

3-moer o milho e o centeio no moinho tradicional amassar a farinha e cozer a broa. Para isto terão a ajuda preciosa da D. Amélia.

4-à noite poderão assistir com os habitantes à projecção dum filme ao ar livre no centro da aldeia

Dia 8

"Rota da Vitela de Lafões" – Na aldeia de Muro.

Durante a manhã teremos oportunidade de, percorrer o caminho que outrora se fazia até à escola de Manhouce, encontrar o Poço do Batandeiro, conhecer o moinho que além de moer fornecia energia eléctrica às casas do Muro. Neste percurso teremos a oportunidade de encontrar vacas Arouquesas a pastar nos lameiros.

Almoço

De tarde, no Curral da Dona Carminda e do Sr. Bento, um concerto de Canto, Piano e Violoncelo, levar-nos-á numa viagem desde o séc. XVIII à actualidade, através de compositores como Handäel, Mozart, Shubert, Gershwin.

Dia 9

“À descoberta de aldeias perdidas”- utilizando a carrinha da associação “Amigos de Covas do Monte” realizaremos visitas a aldeias perdidas na serra.

Para além disto em Covas do Monte há sempre muitas actividades que se podem fazer, como testar o “enfarenamento” (forma tradicional de tratar o ferro para que ele não oxide) da panela de ferro confeccionando lá uma refeição colectiva.

Dia 10

“Sopa de S. Macário” – No parque de merendas de S. Macário. Cada participante traz um condimento para adicionar aos legumes de produção local, os talheres e a bebida.

Esta sopa é sempre diferente e tanto mais rica quanto maior a diversidade dos participantes.

Para chegar a Covas do Monte

Existem várias maneiras de se chegar a Covas do Monte quer se venha do Sul ou do Norte tendo como ponto de orientação S. Macário.
De S. Pedro do Sul – direcção S. Macário através das estradas N16 - N228 (direcção S. Felix) - N559 (direcção S. Macário / Covas do Monte) e finalmente a N1216 que nos levou até ao cruzamento para descer para o destino final.
As coordenadas são N40 53.269 W8 05.952

Mais informações em:

www.criaraizes-spedrosul.com

www.criaraizes-spedrosul.com/site/untitled/Contactos.htm

sistema de aquecimento de água artesanal no "Campo das Oliveiras"

Com o Projecto Criar Raízes, do Município de São Pedro do Sul, a aldeia de Covas do Monte foi escolhida para aí serem desenvolvidas actividades "ecológicas e sustentáveis". Era necessário criar um espaço para o acolhimento e a pernoita de participantes nas actividades do Criar Raízes e outros visitantes. Um proprietário da aldeia disponibilizou o “Campo das Oliveiras”. Aí estamos a criar uma “Zona de acampamento”. A criação deste espaço tornou-se também um espaço de animação: a aldeia e os visitantes podem contribuir para a sua criação.

Começámos por instalar as casas-de-banho e estamos a construir um sistema solar artesanal para aquecimento de água.
Posteriormente, haverá ainda eventos comunitários para a instalação da cozinha solar e da energia eléctrica com origem em painéis solares … será?!
Temos de ir a Covas do Monte para ver!
E Fazer.

Os fundos realizados no Campo das Oliveiras são investidos na continuação da construção deste espaço de acolhimento.
Vítor Andrade de volta dos painéis solares ...




O Gonçalves e o Sr. João fixam os caibros do telheiro

Aqui está o telheiro que suporta o depósito e onde vão ser instalados os painéis



"tecologia apropriada" / "appropriate technology" ??

http://www.misereor.org/pt/experiencias-e-servicos/tecnologia-apropriada.html

http://eumatil.vilabol.uol.com.br/goldemberg.htm

http://www.ider.org.br/oktiva.net/1365/nota/54263/

http://tilz.tearfund.org/Portugues/Passo+a+Passo+61-70/Passo+a+Passo+65/Como+aumentar+o+valor+atrav%C3%A9s+da+tecnologia+apropriada.htm

terça-feira, 27 de maio de 2008

K&Batuna pela noite dentro mostram que este Verão vai ser a bombar

16 de Maio de 2008
... depois de um extenuante dia de reflexão e partilha de experiências
em torno das questões da Pedagogia em Contexto de Lazer,
e do Enriquecimento Curricular,
todos os participantes agradeceram a Ceia e brindaram à Educação.

E foi tanto assim que a K&Batuna - Tuna da ESEC -
foi convidada pelo Sr. João (do Presunto),
para vir animar a Festa Anual de
Covas do Monte, que acontece no 2º Domingo de Setembro de 2008.



Virou!

Panela ao Lume nos verdejantes Claustros da ESEC


com a abundância de ingredientes que juntámos em torno da Panela,
trazidos pelos participantes, foi fácil preparar a Sopa ...

em parte, porque juntámos a preciosa experiência de Sopas anteriores,

com uns pedaços do Presunto trazido pelo Sr. João - responsável
pelo Restaurante da Associação "Os Amigos de Covas do Monte",

e contámos com a experiência do Gonçalves a cortar legumes,
especialmente cenouras,



e depois foi uma alegria,
- todos comeram e beberam
e ficaram com a barriguita composta!




http://agricabaz.blogspot.com/2008/05/sopa-de-s-macrio-na-esec-escola.html